Total de visualizações de página

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

CARROS






 
As fotos de hoje, para satisfação dos apreciadores, estão relacionadas com automóveis.
Iniciamos com três fotos do acervo do prezado Pgomes, onde carros do avô dele, Luiz, são mostrados: salvo engano, são um Packard, um Ford 1934 Fordor (embora este modelo usualmente não tivesse estepe no para-lama) e um Citroen 11 Legere.
As três últimas fotos são do acervo da Julia Cunha. Ela é uma antiga comentarista do "Saudades do Rio" e era, na ocasião, guia de turismo. As fotos mostram a inauguração da Officina General Polidoro, que seria uma concessionária Ford, da qual o avô dela era sócio e, curiosamente, em uma das fotos aparece o avô do Pgomes.

22 comentários:

  1. O Pgomes foi o responsável pelo "Saudades do Rio" estar aqui neste "Blogger". Foi uma ótima indicação dada a qualidade com que as fotos aqui postadas podem ser visualizadas.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia, Luiz, pessoal,
    Hoje é dia de ficar obervando...carros não são exatamente o meu escopo.
    Mas poderia dizer : bons tempos em que uma concessionária tinha uma janela com serralheria Art Deco! Excelente padrão geométrico de retângulos.
    Será um dia feliz para o Biscoito.

    ResponderExcluir
  3. Hoje o Biscoito Molhado faz jus ao nome.

    Só identifiquei o Citroën por causa da frente.

    ResponderExcluir
  4. Onde seria a oficina na General Polidoro?

    ResponderExcluir
  5. Não é Ford o carro com side mounts. É o mesmo da foto de cima. Detesto identificar aranhas, cadê o Gustavo?

    ResponderExcluir
  6. Dura a vida farinácea. Apelei para o grande consultor Gazineu, de Petrópolis. Depois do Citroën Légère (de 47 a 49, com os bancos da frente com tubos cromados aparentes) temos a inauguração da concessionária Ford, com um Lincoln 1938 e, pulando a foto do salão em 1946 (uma pena que nem no espelho dá pra ver se é 46, ou 47...), temos outros Ford 37-38, certamente no dia da inauguração.
    Quando eu descobrir o carro das duas primeiras fotos, avisarei. É 1934, tem porta dianteira já não suicida... fácil não é.

    ResponderExcluir
  7. Excelente qualidade das fotos.Pensei que o Biscoito fosse esfarinhar...

    ResponderExcluir
  8. Bom Dia! No Cachambi, tinha uma oficina especializada em Citroen.Funcionou por muitos anos nos fundos do Posto Fátima. Quando o proprietário encerrou as atividades,levou para o quintal da casa dele 13 carros iguais ao da foto. O Fusca já dominava as preferencias e os Citroen ficaram abandonados pelos proprietários. Ninguém os queria. Uns cinco anos depois ele chamou o Detran que rebocou todos para o deposito.

    ResponderExcluir
  9. Peralta,o implicante5 de fevereiro de 2019 08:43

    O problema da Tia Nalu nunca foi o carro,mas a seguradora....

    ResponderExcluir
  10. Gustavo disse que não consegue postar. Identificou um Chevrolet Master 1934

    ResponderExcluir
  11. Bom dia a todos. Dia especial para os mestres obiscoitomolhado e o Gustavo. Dia para só ler os comentários. De carro a única coisa que sei é que costumam ter 4 rodas e motor.

    ResponderExcluir
  12. Avisa Gazineu: Graham-Paige, 1933. Conferi, absolutamente igual ao da foto. Ufa!

    ResponderExcluir
  13. Se nas duas primeiras fotos o carro era o mesmo, então ele tinha 2 estepes.
    Parece que a Ford sempre teve uma tendência de fabricar carros com "cara de mau".
    O Waldenir tem razão sobre a beleza da janela da concessionária.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Paulo Roberto, se alguém souber o endereço, eu até iria ver se ainda existe.Pena que não há fotos externas, é provável que outros elementos também sejam no mesmo estilo.

      Excluir
    2. Havia uma oficina, segundo jornais da época, no número 130. Se a numeração não mudou, o que aconteceu em muitas ruas, seria perto da Rua Teresa Guimaraes. Por ali fica o Colégio Santo Amaro.

      Excluir
    3. Luiz, no número 127 existe um galpão tentando passar por "oficina". O número 130 seria mesmo a fachada do Colégio Santo Amaro. Certamente, a numeração mudou.

      Excluir
  14. Com a postagem de hoje foi lançado o Biscoito Zangado....

    ResponderExcluir
  15. Notícia triste: no dia 06/01 faleceu em Nova Iorque o nosso grande Allen Morrison, o maior especialista em bondes da América Latina.

    ResponderExcluir
  16. Waldenir, dificilmente seria um número par antes onde é ímpar, embora já tenha visto erros desses em alguns lugares.
    Meu palpite, olhando no Street View, é que seria a construção da esquina com a Rua Teresa Guimarães, que tem jeito de que já foi um galpão, agora pertencendo ao Colégio Santo Amaro, totalmente modificado. Chance de confirmar só olhando por dentro.

    ResponderExcluir