Total de visualizações de página

quinta-feira, 25 de junho de 2020

MESBLA VEÍCULOS BOTAFOGO






Recebi da tia Milu a fotografia da loja da Mesbla Veículos em Botafogo. Fez muito sucesso tempos atrás. O endereço era Rua General Polidoro nº 74, com entrada também pela Rua Paulino Fernandes.

O térreo do prédio atualmente é ocupado por um supermercado UNNO. Com acesso pela Paulino Fernandes nº 59, subindo por uma rampa, chega-se ao 5º andar. Lá funciona (ou funcionava) a oficina Monte Fuji, onde o Luciano prestava um excelente serviço para automóveis.

Buscando mais informações sobre o local achei na internet um excelente trabalho feito sobre o local pela RRA – Arquitetura, de onde tirei algumas fotos e cujo “link” segue abaixo.

Para os interessados vale a pena ler.


https://tinyurl.com/y7twst8r

15 comentários:

  1. Bom dia, Dr. D'.

    Apesar de andar muito por Botafogo, esse trecho não é muito conhecido por mim. Por isso, vou acompanhar os comentários.

    A Mesbla diversificava bem os ítens que vendia. Tinha até seção de náutica e, por algum tempo, de armas.

    Falando em armas, a polícia prendeu os assaltantes da casa do surfista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esta unidade era Mesbla Veículos. Comercializava apenas automóveis.

      Excluir
    2. Tinha a lembrança de ter visto lanchas em exposição, mas devo estar enganado.

      Excluir
    3. Também acho que havia venda de lanchas aí.

      Excluir
    4. Não quis dizer que a Mesbla Veiculos vendia barcos, mas que a empresa tinha seções de náutica e de armas em suas lojas.

      Excluir
  2. Aqui em Vix existiu uma Mesbla Veiculos,onde aliás o meu saudoso pai comprou uma camionete Chevrolet C 10 em 1970.Que me lembre durou até meados da década de 70.pois em 77 quando adquiri um Chevete a concessionária já era outra.A loja de Departamento aqui funcionou salvo engano até o ano 2000,quando veio a falência.Tinha em torno de 300 funcionários e era um ponto de encontro especialmente no anos 80,antes dos shoppings centers...Uma pena a saída do mercado.

    ResponderExcluir
  3. A "Mestre & Blaget era uma das mais concorridas lojas de departamentos. Em frente à essa loja está a Azurra. Me lembro bem da Mesbla Tijuca, que inicialmente ficava na rua Conde de Bonfim em um imenso espaço que ia até à rua Almirante Cochrane. Mais tarde a loja mudou para um endereço próximo na mesma rua na esquina da Conselheiro Zenha, no local do casarão onde funcionou o colégio Lafayette feminino. FF: uma notícia curiosa e insólita ocupou os telejornais matutinos. Um menino de 11 anos "brincava" às 2:00 da manhã em uma rua do Complexo da Maré quando um outro garoto "brincando" com um revólver acabou disparando-o acidentalmente e matando o "coleguinha". Já que não havia polícia no local para "embuchar" o crime, ficam as perguntas: criança de 11 anos brinca na rua às duas horas da manhã? O que fazia o "coleguinha" com uma arma na mão? Ia para a escola? Uma "saia justa" para a Globo, já que não havia polícia no local, já que um "narco-ministro" proibiu operações nas favelas, e ela vai ser obrigada a noticiar que 99% dos moradores daquele "narco-curral eleitoral" são "gente boa", não é mesmo?

    ResponderExcluir
  4. A Mesbla realmente marcou uma época.

    Tive três carros da Chevrolet que marcaram a minha memória até hoje: um Opala 79, furtado e sem seguro; um Chevette 80, auge da juventude de "garotão" e uma Marajó 82, já com família. Deixaram a marca de carros robustos, única sisma que eu tinha era o volante "torto" do Chevette...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é,tive dois Chevettes.Um 77,mais simples e na cor café com leite(???) E outro 80,vermelhinho SL,bonito de doer.Com o segundo,Por uma série de situações fiquei 10 anos e o que era príncipe virou sapo....Para se ter uma ideia,no final até fogo no motor aconteceu...Alguns diziam que era olho gordo lá do início,quando era uma jóia...Não tenho muitas reclamações,mas era um carro para cidade, diferente do fusca...
      Hoje,carro para mim não tem maior importância...

      Excluir
  5. No inicio dos anos 50 os automóveis da GM eram expostos e vendidos na loja da Rua do Passeio, em uma ala que ficava à esquerda de quem entrava. Mais adiante ficava a seção de ferramentas, para muitos um paraíso....

    ResponderExcluir
  6. Bom dia a todos. Conhecia bem as lojas da Mesbla da Tijuca e do Passeio, uma pena não ter sobrevivido. As grandes lojas de departamentos que existiam na cidade somente a C&A e a Americanas sobrevivem ainda, veremos após a pandemia quem sobreviverá. A loja do Passeio, tinha automóveis e lanchas. A medida que a população empobrece as lojas de luxo vão acabando.

    ResponderExcluir
  7. Lembro com carinho o ano de 1977, tinha 20 anos quando fui com meu velho nesta agência Chevrolet retirar meu chevette marrom metálico zerinho recebido de presente. O show room era na General Polidoro e a entrada da oficina pela Rua Paulino Fernandes.

    ResponderExcluir
  8. A velha Mesbla Tijuca "foi cortada ao meio" em razão da abertura da "nova Heitor Beltrão em 1980. Estive algumas vezes nessa filial da General Polidoro em 1965 quando morava em Botafogo, mas não lembro de muitos detalhes. Lembro mais da Sears da Praia de Botafogo.

    ResponderExcluir
  9. Meu comentário não sai. Mas tinha dito que hoje nesse belo prédio existem um supermercado no térreo pela General Polidoro, nos andares diversas oficinas de carro, e pela Paulino Fernandes também no nível do térreo operam entregadores de encomendas. Nos idos de 82 fiz a compra do meu Chevette na Mesbla Veículos. Um luxo de instalações com seus atendedores. A fachada do prédio está original como nos velhos tempos. Agora...acreditar no Pastor que o carro para ele não é importante é o mesmo que acreditar em nota de R$3,00.

    ResponderExcluir
  10. Sobre o comentário de 09:20, já foi dito que o outro adolescente, de 14 anos, estava no "movimento" há pouco tempo e provavelmente desfilava orgulhoso com seu recente "poderio bélico". Agora, se o outro, mais novo, brincava ou não às 2 da manhã...

    ResponderExcluir