Total de visualizações de página

segunda-feira, 14 de setembro de 2020

DESINFECTÓRIO DE BOTAFOGO



O destaque da foto colorida é o estádio do Botafogo no ano de uma grande remodelação de projeto de Raphael Galvão, bem como o casarão sede do clube em toda sua imponência, construída há apenas 10 anos.

Mas as cercanias do estádio nos mostram pequenos detalhes muito interessantes: na parte inferior direita da foto vemos que grande parte das construções não existe mais, talvez tendo sido demolidas quando a favela do Pasmado foi removida, podemos só identificar entre elas os angulosos telhados de um prédio que flerta em estilo normando que hoje abriga um departamento do governo federal dedicado a energia nuclear, acho que é a CNEN.

Na parte inferior esquerda vemos o prédio do Hospital Rocha Maia, antigo DESINFECTÓRIO DE BOTAFOGO, inaugurado no período Passos cujo terreno é do Botafogo Futebol e Regatas, algo que pouca gente sabe, pois o Dec. 289/36 dá ao Clube o aforamento de toda a área contígua ao seu campo, com a ressalva que a unidade de saúde pública ali existente permanecerá, e não sendo mais necessária, o domínio do terreno retornará ao Alvinegro. Na realidade toda a área antes do aforamento pertencia ao Ministério da Justiça que o cedia à Saúde e lá funcionou por anos o desinfectório, na chegada do Botafogo já abandonado e em ruínas. Na década de 30 o Botafogo pediu formalmente para ter o direito de assumir esta área, mas tal não foi concedido.

Ali funciona até hoje o Hospital Rocha Maia que serve como emergência clínica, transferindo os casos graves e de especialidades para o Miguel Couto ou para o Souza Aguiar.

Bem à direita da foto a grande construção foi o Educandário Santa Therezinha, mantido pela Santa Casa, e que tinha a função primordial recolher e dar educação a órfãs abandonadas. O edifício foi projetado por Bitencourt da Silva e inaugurado em 1866. Com a saída da instituição religiosa, o prédio foi por muitos anos arrendado pelo colégio Anglo Americano, depois foi a Casa Daros e hoje acho que é a escola ELEVA.

Em termos de urbanismo temos muitos pontos curiosos, logo na parte inferior da foto vemos que a rua General Severiano era servida por bondes, que aparentemente seguiam até a rua da Passagem, dando a volta e só na praça Juliano Moreira, vindo pela atual rua Gal Góis Monteiro chegava a Av. Lauro Sodré para aí seguir para Copacabana via túnel Novo, pois aparentemente a Lauro Sodré não tinha sido aberta no trecho entre o campo do Botafogo e o educandário.

A própria praça Juliano Moreira como as construções que a envolvem são completamente diversas de hoje, pois havia um grande número de casas no sopé do morro de São João, que certamente foram demolidas quando da “quaduplicação” do Túnel Novo (cujas fotos já vimos este ano por aqui). Hoje as fraldas do morro dão diretamente na rua, a praça também praticamente não existe mais sobrando uma pequena nesga na frente da sede social do clube, atrás das construções vemos uma escadaria e um pedaço de pista que certamente faziam parte do conjunto do Hospital dos Ingleses.

Constatamos também que a Av. Wenceslau Brás possuía um canteiro central, com árvores e postes de iluminação, onde hoje fica o Canecão era um grande terreno baldio.

Colaborações: Conde di Lido (na colorização), Andre Decourt (no texto), "Saudades do Rio - O Clone" (nas fotos P&B).

 

12 comentários:

  1. Bom dia, Dr. D'.

    Mais um dia aprendendo alguma coisa sobre o Rio.

    Vou acompanhar os comentários e voltar mais tarde.

    ResponderExcluir
  2. Desinfectório? Deveria ser instalado em outro local,onde habitam os mandatários...Mas a história é interessante e não lembro de ter tomado conhecimento.
    FF: O rodizio do Dome está passando longe daqueles de churrascaria..Do jogo contra o Flu,no meio campo sairam o Gerson(suspenso),Arrascaeta e Diego(só entrou no fim)...O Rodrigo Caio descansou a os outros dois zagueiros bateram cabeça..Tá complicado e agora vem a Libertadores..

    ResponderExcluir
  3. A questão da circulação de bondes está meio confusa no texto. Até a abertura do túnel do Pasmado, na General Severiano apenas circulavam os bondes com destino à Praia Vermelha. Após a inauguração esses bondes não entravam mais na Rua da Passagem e seguiam passando sobre o novo túnel.

    ResponderExcluir
  4. Eleva se tornou a Escola da moda dos ricos e famosos. Ao menos preserva o belo prédio. Onde era o posto de gasolina estão fazendo um prédio enorme.

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde. Esse desinfectório deveria ainda estar em funcionamento, para que todo o time do Botafogo fosse todo levado para lá. Assim eliminaria todos os perebas do time, só não sei se ficaria algum jogador desse atual time. Um espanto, como diria o mestre Belletti, e ele ainda reclama do Flamengo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E esse Honda está mais pra Mobilete...

      Excluir
    2. Mestre Wagner Bahia, esse é o primeiro Honda mandado para o Brasil é o modelo 1997. Já está bem velhinho, já devia ter ido para um museu ou jogado no ferro-velho.

      Excluir
  6. Já vai longe na memória as notícias nas páginas esportivas, informando sobre os jogos oficiais no Gal. Severiano. Botafogo contra times como Olaria, Bonsucesso, São Cristóvão e outros que não eram considerados grandes. Isso já no tempo que comecei a entender o que era futebol, com Jairzinho, Gérson, Paulo César, Rogério e Roberto (mascarado mas goleador), além de Zagalo já como técnico. O interessante é que da defesa só lembro do Moreira e do goleiro Ubirajara. O Manga já não estava ou não era mais o titular.
    Não lembro se quando o Charles Borer estragou tudo ainda utilizavam o campo, exceto treinos e amistosos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Observador de fracassados14 de setembro de 2020 19:42

      Ubirajara (Cao), Moreira, Zé Carlos, Leônidas, e Valtencir; Carlos Roberto e Gerson; Rogério, Roberto (Ferreti), Jairzinho, e Paulo Cesar. Atuava também Afonsinho.

      Excluir
    2. Não se pode comparar o Botafogo de 68/70 com o Botafogo atual. Até o Botafogo de Túlio Maravilha dava para torcer. Mas torcer para Kalu, Babi, e Honda, é demais.

      Excluir
  7. Nos anos 90 eu frequentei um centro Kardecista que existe na General Severiano desde 1928 e que se localiza junto à descida da pista que passa sobre o túnel do pasmado, milagrosamente preservada da demolição. Fica a cerca de 50 metros do Rocha Maia. Ainda existem imóveis ali construídos nos anos 20. Pelo que se percebe ali ocorreu um mini "bota abaixo".

    ResponderExcluir
  8. Essa parte de Botafogo sempre foi contra-mão para mim. Via só de passagem.

    ResponderExcluir