Total de visualizações de página

quinta-feira, 23 de março de 2017

ENCHANTED VALLEY





Nos anos 60 apareceram anúncios como este nos jornais do Rio:

“Aqui mesmo no Rio Texas Ranch abre as portas do Paraíso... é o Enchanted Valley. Onde você adquire um apartamento de sala, 2 quartos, 1 quarto reversível, copa, cozinha, banheiro social, banheiro de empregada, área de tanque”.
E torna-se também proprietário de um clube com sede própria, salão de festas, bar, restaurante, piscina para crianças, piscina para adultos, sauna, quadra de tênis, quadra de basquete, quadra de volley, sala de jogos, etc.”. Construção Cavalcanti Junqueira, vendas Rosa Filler.

Foi a época da construção de muitos clubes e condomínios pela Barra da Tijuca, sendo que vários desapareceram poucos anos depois.

Como se pode ver nas fotos de G. Szendrodi o Enchanted Valley desfrutava de uma localização privilegiada no Alto da Boa Vista, com um panorama deslumbrante voltado para uma quase deserta Barra da Tijuca.

A primeira foto mostra anúncio do local no Jornal do Brasil.

O site http://www.valeencantado.org.br/site/ dá mais detalhes sobre este empreendimento.

21 comentários:

  1. Bom dia. Conheci o local nos anos 60, mas nunca frequentei o clube. Já nos anos 80 e 90, costumava ir à um barzinho que ali existia, acho que um resquício dessas instalações. Era ideal para "namorar à noite". Mas não me lembro dos tais apartamentos. Após chegar até o alto da estrada da Paz, a vista é deslumbrante e seria um bom investimento. Não sei que fim levou o projeto. Há cerca de três anos essa Estrada da Paz, quase chegando ao Enchanted Valley, existe uma casa cinematográfica de alto padrão onde funcionava um "bingo clandestino". Com motoristas para buscar os clientes à domicílio, oferecia uma cozinha de bom padrão. Não durou muito tempo...

    ResponderExcluir
  2. É o SDR em sua fase de consultoria imobiliária.Muito interessante.Nao sabia nada a respeito.Emplacou?Boas fotos com a coloração bem registrada.Parece que temos Aero Willis no pedaço,confere?

    ResponderExcluir
  3. As fotos são muito bonitas como a maioria do húngaro Szendrodi. O lugar, que não conheço, parece ser espetacular. Também não tenho nenhum amigo que tenha me falado sobre este clube ou condomínio.

    ResponderExcluir
  4. Me lembro vagamente desse empreendimento por conta de um passeio com meu tio Clovis.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia a todos. Embora conheça bem a região nunca estive neste local.

    ResponderExcluir
  6. Empreendimentos como esse e que ainda são lançados no Brasil, tem sucesso porque a legislação tanto penal quanto cível são ineficazes. Os lançamentos imobiliários raramente são entregues no prazo e sempre são alvos de "aditivos", o que faz com que seu custo seja maior. Como sempre, o comprador é hipossuficiente em face dessas empresas, que possuem ótimos advogados e excelente$ relaçõe$ na política, judiciário, e no Ministério Público. Com tantos fatores em seu desfavor, o cliente nunca consegue ter seus prejuízos integralmente ressarcidos. É o "custo Brasil. Comprar um imóvel na planta também é um risco pelas confusas e sempre desfavoráveis "regras de financiamento" por razões já abordadas "neste sítio".

    ResponderExcluir
  7. Chocolate gosta da Barra.Só isso.

    ResponderExcluir
  8. Colaborador Anônimo23 de março de 2017 10:15

    Visitei o local algumas vezes pois era conveniado ao motel clube de Minas Gerais (do Brasil) do qual eu era sócio.

    ResponderExcluir
  9. Bom dia a todos.
    Nunca ouvi falar, porém, se levado a sério fosse, teria sido algo bem legal de se ter.
    O Joel falou uma coisa interessante.
    Esse Risco Brasil é uma verdadeira catástrofe em vários campos a serem abordados, seja de educação, custo de vida, economia, política, segurança pública, e por aí vai.
    É nessas horas que lembro do porque os EUA deram certo e o Brasil deu errado.

    ResponderExcluir
  10. Como o Joel fui lá uma vez também nos anos 60 e praticamente não tinha nada de habitações que eu lembre e nem sabia que ainda existia.
    Mas achei muito interessante o blog compartilhar essa matéira pois muita gente não conhecia o empreendimento.

    ResponderExcluir
  11. Ainda existe o local?

    ResponderExcluir
  12. Acabei de ouvir uma meia hora do noticiário da Band News no programa do Boechat e estou precisando de um vidro de Prozac. Como é possível que tenhamos chegado ao ponto de certa forma nos acostumarmos com as notícias da morte de mais um PM que já foram mais de 30 este ano, de interdição do trânsito por conta de troca de tiros na Providência, de operação policial na Maré, de roubo de carga na Pavuna. O programa parecia até aquele do Raul Longras na televisão. Roubos, assaltos, assassinatos, sequestros de ônibus. Além disso havia reportagens sobre o escândalo da carne, a Lava-Jato, a troca de carinho entre o procurador geral da República e o ministro do STF, o valor do roubo do Cabral, as tentativas de abortar as delações da Odebrecht, etc, etc.

    ResponderExcluir
  13. Embora eu concorde com o Anônimo, não comento mais neste blog as rotinas violentas do Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
  14. Joel assim acabo com o fã clube.

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde a todos.

    Recentemente saiu uma reportagem sobre o local na revista do Globo.

    ResponderExcluir
  16. Na década de 80 não era aí o Chant Valley ou perdi minhas referências?Um bar muito legal e que servia para namorar de montão.Ninguém falou de forma mais objetiva e ainda lembro de uma iluminação meio que devagar para manter a discrição.Vista para espirito de porco nenhum colocar defeito.

    ResponderExcluir
  17. Boa tarde,
    Acabei de assistir a prisão de um lindo jovem em uma ótima casa situada em um ótimo bairro aqui na Ilha do Governador. Com ele estavam a camisa suja de sangue, o tênis, bastões, soco inglês e o espeto que assassinou outro torcedor. A camisa já havia sido exibida na NET. Pobres pais.
    Quando sou questionada a respeito do descontentamento com a atualidade sempre respondo, vocês, jovens jamais poderão entender.
    Nasci na primeira metade do século vinte. Era um outro mundo.
    Gostei muito da expressão "simples e bucólico". Ela traduz com fidelidade o mundo em que um dia vivemos.
    Passei algumas vz no local postado. Mas era jovem, meus interesses eram outros. Não prestei muita atenção. Deixo aos especialistas me ensinarem sobre o assunto.

    ResponderExcluir
  18. Lembro de alguns edifícios que faziam parte do Enchanted Valley como o edifício Margueritte e o edifício Rose na estrada da Paz. Corria o boato que a Brigitte Bardot havia comprado um apartamento lá. No restaurante do local fazia sucesso o "chicken in the basket".

    ResponderExcluir
  19. Esse "Anônimo" não deixou o link. Está aprendendo...

    ResponderExcluir
  20. Se o Brasil jogar partindo para cima do Uruguai ganha fácil.
    O Firmino não joga nessa função, está perdido no campo, para jogar de falso centro avante, seria melhor colocar o William e poderia revezaria com o F. Coutinho a entrada na área e avançaria mais o Renato Augusto para se aproximar da área, deixando mais postados o Paulinho e o Casemiro.

    ResponderExcluir
  21. Tinha que por o Fernandinho no lugar do Daniel, o Diego no do Renato e o outro Diego no Firmino. O meu fã entende é de pelada no Aterro.

    ResponderExcluir