Total de visualizações de página

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

RELEMBRANDO SHERLOCK HOLMES



Um período de muito sucesso aqui no “Saudades do Rio” foi o concurso “Sherlock Holmes”, quando se propunha descobrir os locais das fotos publicadas.
Antes da existência de alguns mecanismos de busca do Google isto era um desafio e tanto.
Hoje propomos a identificação do local destas três fotos. Acho que alguma já foi publicada.

37 comentários:

  1. Penso que todas foram publicadas mas somente me lembro de duas. Sem absoluta certeza a terceira seria um trecho da r. Barão de Bom Retiro.

    ResponderExcluir
  2. Rua Amaro Cavalcanti.

    ResponderExcluir
  3. Já estou no Clouseau.

    ResponderExcluir
  4. Pelo bonde chuto Rua Manoel Vitorino, onde funcionou a saudosa e precocemente assassinada Gama Filho.

    ResponderExcluir
  5. Vou com o Candeias para o bonde Closeau com o agravante que tenho certeza de já ter visto a postagem de pelo menos uma das fotos.
    Que o Helio Ribeiro nos socorra.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia. As duas primeiras fotos parecem ser na Lino Teixeira no Jacaré. A última foto eu passo no local diariamente: Rua Visconde de Santa Isabel entre Barão de São Francisco e rua Petrocochino com Mendes Tavares ao fundo.

    ResponderExcluir
  7. Em tempo: A Foto do meio parece ser na Clarimundo de Melo

    ResponderExcluir
  8. Vou chutar Botafogo para a primeira foto.Como tem um bonde Piedade,já e uma dica.Não consigo ler os reclames dos bondes e as ruas estavam bagunçadas.Estou dentro do bonde hoje e sempre.

    ResponderExcluir
  9. Colaborador Anônimo30 de agosto de 2017 08:54

    Meu palpite para a segunda seria região Amaro Cavalcante com Goias, a terceira me parece a Visconde de Santa Isabel, já a primeira não faço idéia.

    ResponderExcluir
  10. Este bonde da segunda foto é um modelo diferente do que estou acostumado a ver. Tem algum nome especial ou seria assim apenas por antiguidade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, esse bonde é o de dois eixos, também conhecido como "caixa de fósforo". Reparando bem percebi que esse tipo de bonde não circulava na região do grande Meyer e sim na primeira seção de tráfego, cuja garagem era na Praça da Bandeira. Daí percebo que essa segunda foto pode ser na região do Catumbi e não na região do Meyer, já que esses bondes imperavam na região do centro da cidade.

      Excluir
  11. A terceira foto tem cara de Santa Teresa, mas já vi que, pelos comentários anteriores, está bem longe disso. Portanto, vou até o ponto e embarcar no bonde Clouseau, onde encontrarei muitos companheiros de viagem.

    ResponderExcluir
  12. Bom dia a todos. Bons tempos do Sherlock Holmes, deixou saudades, grandes lembranças e principalmente deu início a grandes amizades que mantenho nos dias de hoje. Mas vamos a localização das fotografias.
    1ª Chute Machado Coelho
    2ª Av. Amaro Cavalcante, logo após o Largo do Encantado.
    3ª R. Visconde de Sta Isabel, após a Barão São Francisco

    ResponderExcluir
  13. Vamos ser sinceros:o que existe de interessante na postagem?Só mesmo o bom humor do gerente em fazer uma brincadeira.O resto é de doer.Ruas totalmente esburacadas e esculhambadas,bondes caindo aos pedaços e sem nenhuma segurança e gente feia e mal vestida nada melhor que os bermudões e regatas de hoje.E na segunda foto um calhambeque que só mesmo tal do Biscoito Molhado para definir e achar o máximo.E reclamam porque continuo sendo Do Contra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E só para contrariar o Sr. Do Contra. Eles na época já eram velhos, mal conservados, sem segurança, atrapalhavam o transito, andavam devagar e tudo mais. Mas veja só, toda vez que aparece foto de bonde no SDR, a quantidade de comentários aumenta bastante, até desaparecidos comentaristas aparecem, para dar pitaco. Não existe outro elemento, que melhor se identifique com a cidade maravilhosa do que os bondes, com todos os seus problemas e mesmo deixando de circular pela cidade, ainda é o transporte mais amado pelos Cariocas que com eles conviveram. Os bondes, transmitiam, liberdade, alegria (tinha até linha com esse nome) e felicidade, usado para tudo e por todos os Cariocas.

      Excluir
  14. Depois que a turma assinalou os locais verifiquei que cometi o mesmo equívoco daquela época. Em resumo, errei de novo. Isso é que é coerência!

    ResponderExcluir
  15. O Lino e o Joel Almeida estão certos na terceira foto.Ruas Visconde de Santa Isabel quase esquina de Barão de São Francisco,onde aliás havia um grande casarão,hoje um grande estacionamento,onde em 1960 funcionou um comitê eleitoral do Marechal Lott onde eu honrosamente trabalhei.Eu almoçava no botequim onde hoje existe uma casa de parafusos porque em Vila Isabel não havia restaurantes de classe,só do tipo pé sujo.

    ResponderExcluir
  16. Bom dia !
    A terceira foto jamais poderia ser de Santa Teresa, porque no bairro nunca trafegaram bondes do tipo fotografado, Não fôsse isso, poderia, sim, ser do bairro, pela vista que apresenta.
    Como de costume, continuo correndo atrás do bonde Clouseau e muito longe, por sinal...

    ResponderExcluir
  17. Quanto à primeira foto achei uma postagem de 2011 e nela não se chegou a uma conclusão. O comentário do Hélio, na ocasião, foi o seguinte: "o 2402, era da Seção Méier, o que restringe um pouco as opções. E bondes com carro-motor e reboque bataclãs, como o da foto, na Seção Méier estavam restritos às linhas 77 - Piedade e 78 - Cascadura. O Mauro cita a linha 79 - Licínio Cardoso, porém não me lembro de bondes assim nesta linha. Os que vi eram carros-motores médios, às vezes puxando reboque pequeno. De qualquer forma, o trajeto do 79 era muito parecido com o do 78.

    Com isso, dá para citar as ruas mais suspeitas:

    a) linha 77 - Mariz e Barros, São Francisco Xavier, 24 de Maio, Dias da Cruz, Adolfo Bergamini, Amaro Cavalcanti, Clarimundo de Melo e Assis Carneiro.

    b) linha 78 (durante certo período) - Francisco Bicalho - Francisco Eugênio - Figueira de Melo - S. Luís Gonzaga - Major Suckow - Dr. Garnier - Conselheiro Mayrink - Lino Teixeira - 2 de Maio - Souza Barros - Arquias Cordeiro - Dr. Padilha - Oficinas - Abolição - Suburbana - Carolina Machado - Carvalho de Souza.

    c) linha 78 (durante outro período - apenas o que ainda não foi citado nos itens anteriores) - Pará - Senador Furtado - General Canabarro.

    ResponderExcluir
  18. Pelo numero de ruas enumeradas pelo Dr. D',só mesmo uma seleção com Clouseau,Poirot,Dupin, Dick Tracy entre outros para matar a charada.Ou chamar o Ed Mort que com escritório em Copacabana tem obrigação de conhecer melhor.O trono vai ficar vazio...

    ResponderExcluir
  19. Peralta,o implicante30 de agosto de 2017 12:49

    Se fosse a Rua Estrela do ABC, Tia Nalu acertava na hora.

    ResponderExcluir
  20. Boa tarde a todos.

    Hoje tem bonde Clouseau em dose tripla para mim...

    ResponderExcluir
  21. A 3ª foto é na Visc.de Santa Isabel, mas não é especialmente perto da B.de S.Francisco (e da pça Sete). As casas à esquerda ainda estão lá e o bonde esconde a rua Petrocochino.

    goo.gl/maps/62b2cDEH2DF2

    ResponderExcluir
  22. Não só as casas à esquerda, mas também à direita estão lá.
    Este quarteirão é mais longo que os outros. Vendo a foto aérea chega-se à conclusão que a "culpa" é do convento da ajuda onde parece haver um cemitério em seu quintal.:

    goo.gl/maps/1Jut2Xa7z462

    ResponderExcluir
  23. A última foto mostra o bonde da linha 74, Vila Isabel-Engenho Novo, cujo trajeto era, segundo o Hélio: IDA: Lgo. de S. Francisco - Andradas - Pres. Vargas (lado ímpar) - Pça. da Bandeira - Mariz e Barros - S. Francisco Xavier - 28 de Setembro - Visc. de Santa Isabel - Barão de Bom Retiro - Allan Kardec - 24 de Maio - Estação do Engenho Novo VOLTA: Barão do Bom Retiro - Visc. de Santa Isabel e daí em diante caminho inverso ao da ida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já foi publicada aqui há pouco tempo uma foto desse bonde saindo da Pereira Nunes e entrando na 28 de Setembro. Essa alteração dos itinerários ocorreu pouco antes da extinção do sistema. Um outro exemplo é o da foto do bonde 60 na Machado Coelho. Outro exemplo de "racionalização das linhas" ocorreu em Abril de 1964 quando o bonde 70 Andaraí Leopoldo teve seu trajeto encurtado e passou a fazer ponto final na esquina da Barão de Mesquita com a Leopoldo. Quem viesse do centro tomava o 68 Uruguai Engenho Novo e saltava na rua Leopoldo paras tomar o 70 para subir a referida rua. Essa viagem era gratuita...

      Excluir
  24. A segunda foto não pode ser a Machado Coelho porque a mesma era asfaltada. Com certeza e sem qualquer dúvida é a Marques de Sapucaí. Vamos aguardar o final da noite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O fato de estar escrito Piedade não significa que seja naquela região. Mais um detalhe: O bonde não possui "capelinha" ., as quais passaram a existir em 1942. No fundo da foto parece ser a Presidente Vargas.

      Excluir
  25. Pode ser que alguém já tenha feito essa observação, mas o bonde da terceira fotografia está na mão inglesa, mas como parece haver um desvio logo depois, poderia então voltar a trafegar pelos trilhos do lado esquerdo da imagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mote da foto deve ter sido os trilhos danificados, talvez por algum temporal, na esquerda há material de construção e à direita o asfalto está danificado logo após o desvio.

      Excluir
  26. Aqui Helio Ribeiro. O local da primeira foto continua sendo um mistério; a segunda é na rua Adolfo Bergamini e o bonde é do tipo taioba (misto de passageiros e carga); a terceira é na rua Visconde de Santa Isabel, no trecho entra a Praça Barão de Drummond e a rua Petroccochino, sendo que esta desemboca naquela curva que se vê ao fundo da foto.

    Quanto à segunda foto, bondes com número de ordem tão baixo (o da foto é o 4) eram característicos dos taiobas. Os "caixas de fósforo" a que se refere o Joel Almeida tinham números de ordem começando em 262.

    ResponderExcluir
  27. Boa Noite! Não deu para chegar mais cedo . Ainda não li nada ! No dia em que foi publicada a foto 1 Teimei com o Mestre Lino que o bonde estava na linha 79 e que o local seria a Dr Garnier. Dias depois em um engarrafamento na Linha Amarela parei quase em cima da Amaro Cavalcanti e matei a charada. Confiram: Na calçada da direita tem dois postes,encostado no segundo pelo lado esquerdo, a meia altura, vemos uma construção que lembra uma igreja.Passando pela Linha Amarela sentido Barra,da para ver, é uma Igreja Evangélica pintada de amarelo, e o seu entorno ainda sem prédios altos deu para identificar o local. Portanto: o bonde está na linha 77- Piedade, passando por uma obra na Rua Amaro Cavalcante, quase esquina de Rua Paraná. As fotos 2 e 3 depois que fizer um lanche pois cheguei da Rua agora.

    ResponderExcluir
  28. O mestre Helio já esclareceu: O bonde era um Taioba e eles não possuem capelinha.

    ResponderExcluir
  29. Ia falar da foto 2 e 3 , mas o Hélio já o fez. lembrei de três Taiobas na Seção "M" 9 ,11 e 28. Esse não lembrava.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui Helio Ribeiro. Mauro, no comentário sobre a foto em que aparece um bonde bataclã, você disse que o local é Amaro Cavalcanti, perto da rua Paraná. Mas a Amaro não cruza com a Paraná. Seria então a Clarimundo de Melo? Como você chegou a essa conclusão, já que atualmente nenhuma das casas da foto existe mais? Só pela torre da igreja, muito ao longe?

      Excluir
  30. Hélio você tem razão é realmente Clarimundo de Melo. Eu é que estava na linha Amarela em cima da Amaro Cavalcante.Vai no Google,Rua Clarimundo de Melo, no 181 bem encostadinho na direita da tela está o poste de concreto(agora sem a proteção) que na foto esta na direção da traseira do bonde e mais a frente no 169,o poste de ferro que sustentava a rede dos bondes, (ainda) está no mesmo lugar.pelo google não consegui colocar no mesmo ângulo da foto do bonde,mas já dá para ver o perfil da igreja junto do terceiro poste na esquerda.No numero 63 a igreja. Indo pela linha Amarela dá para ver ao contrario da foto. ( estive lá perguntando) A construção desta Igreja é do inicio dos anos 50 .

    ResponderExcluir