Total de visualizações de página

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

ONDE É?



Hoje temos mais três fotos para identificar. O problema é que não sei as respostas.
Mas como nada é impossível para os comentaristas do "Saudades do Rio" vamos ver se alguém tem bons palpites sobre os lugares.
Provavelmente são todas fotos da Zona Norte.

22 comentários:

  1. Acho que o bonde Closeau vai estar cheio hoje. Na primeira foto o bonde parece ter o número de ordem 1942 quando se aumenta a foto e uso lupa. Talvez o Hélio saiba a região em que trafegava este bonde. A segunda foto não tenho idéia. A terceira parece ser uma das ruas da Tijuca ou Grajaú.

    ResponderExcluir
  2. Na primeira foto percebe-se ao fundo uma estrutura de ferro no alto e que é encontrada em passagens de nível, sugerindo que o bonde esteja prestes a cruzar uma. Quanto à segunda foto, não faço a menor ideia. A terceira é na Tijuca, só estou na dúvida se é a Félix da Cunha ou Uruguai sentido Maxwell.

    ResponderExcluir
  3. A primeira arrisco Rua Aguiar também ou Rua dos Araújos
    A segunda parece ser em Vila Isabel
    A terceira Rua General Roca

    ResponderExcluir
  4. A primeira foto tem cara de S. Cristóvão ou Benfica, a segunda estamos no subúrbio (as econolite entregam), já a terceira tem muita cara da Tijuca.

    ResponderExcluir
  5. Vou observar e aprender já que na época dos bondes eu não era nascido. Sou de 72. Acho que não vou conseguir, nem se for de Madureira ou Campinho. Em Bento Ribeiro circulavam bondes?

    ResponderExcluir
  6. A primeira rua Direita,a segunda rua da Passagem e a terceira Rua dos Inválidos. Como não tem resposta objetiva,vale o que vier...Grande espanto!!!!E ainda vai aparecer ganhador.

    ResponderExcluir
  7. A primeira foto lembra a passagem de nível da Monsenhor Félix com Avenida Automóvel Clube. Não podem ser rua Aguiar, General Roca, ou rua dos Araújos, já que todas possuíam trilhos.

    ResponderExcluir
  8. Na primeira foto, o morro lá atrás parece a Serra dos Pretos Forros, por isso arrisco Eng. de Dentro ou Méier. Vou mandar Dias da Cruz. A segunda foto ainda está pela região, vou de Dois de Fevereiro. A terceira tá parecendo aquela região da Maxwell, perto daquela Vila Operária da Confiança.

    Esqueci de dar bom dia aos amigos do blog.

    ResponderExcluir
  9. Bom Dia! A primeira parece Rua Andaraí, a segunda não sei, as construções da terceira lembram as casas geminadas que a América Fabril construía para seus funcionários. Na Tijuca,Grajaú,Andaraí e Vila Izabel ainda hoje tem ruas com casas assim. Pode ser Rua Amaral.

    ResponderExcluir
  10. Uma coisa tenho certeza: na primeira foto está o bonde Clouseau e eu estou lá dentro.

    ResponderExcluir
  11. Peralta, o implicante29 de setembro de 2017 11:45

    Se fosse em Brasília ou São Bernado Tia Nalu fornecia até o CEP.

    ResponderExcluir
  12. O Raul Felix de Souza é um craque em identificar coisas do Rio Antigo. Aqui vai a opinião dele: A foto 2 é da Rua Tavares Ferreira, no Rocha. Vista a partir da Ana Néri.
    A foto 3 me parece ser a Araripe Júnior, no Andaraí.

    ResponderExcluir
  13. Segue o Raul: A 1 me parece ser o início da Dias da Cruz. É difícil ter certeza porque o local já está muito modificado e o prédios impedem uma boa visão dos morros. Mas eu arriscaria dizer que a fachada logo à esquerda do bonde é com grande probabilidade a atual loja da Ricardo Eletro.

    ResponderExcluir
  14. Mostrei a foro número 3 para minha mãe dar uma olhada e confirmar se é realmente a Araripe Junior, já que morou nela quando criança. Ela confirmou.

    ResponderExcluir
  15. A Araripe Junior começa na Barão de Mesquita e termina na Gastão Penalva. Estamos olhando em direção à Gastão Penalva e no fundo aparece o morro do Andaraí. A próxima rua à esquerda é a rua Leopoldo, onde existe o hospital do Andaraí. O comentário do Mauro Xará das 09:47 não está correto quando menciona a "Rua do Andaraí", já que esse nome era dado ao trecho da rua Maxwell compreendido entre a Rua Pontes Correa e a Barão de Mesquita. Tenho uma foto dessa esquina datada de 1934 e que mostra a esquina da Maxwell com Uruguai, onde os imóveis continuam os mesmos e não havia calçamento. Aliás aquele trecho do Andaraí sofreu uma grande alteração no final dos anos 60 com a canalização do Rio Joana e abertura de uma segunda pista. O Shopping Iguatemi fica onde era o "Campo do Andarahy"; em 1962 o América passou a utilizar o campo quando desativou o E estádio da rua Campos Sales. Em 1993 o terreno foi vendido e em 1996 foi inaugurado o Shopping.

    ResponderExcluir
  16. A primeira foto foi tirada em 09/08/1953. O bonde 1942, que aparece nela, na década de 1960 era da seção Méier. Mas como volta e meia os bondes eram remanejados de seção, em 1953 ele poderia ser de outra delas. Tentei descobrir o local, mas não consegui.

    ResponderExcluir
  17. Aqui Helio Ribeiro. Matei a primeira. Trata-se da rua Sousa Barros, que passa em frente à estação de trem do Engenho Novo. A armação em treliça de ferro citada pelo Joel Almeida às 07:28h é da linha férrea. O bonde acabou de passar pelo cruzamento das ruas Silva Freire e Propícia e está se aproximando do Largo do Engenho Novo, dirigindo-se para o Méier. Observe que à esquerda existe uma farmácia de nome Propícia. A serra ao fundo é a que existe no Lins de Vasconcelos. Sendo um bonde de apenas um carro-motor médio, da seção Méier, provavelmente é de umas das seguintes linhas: 79 - Licínio Cardoso, 81 - Méier x Triagem ou 99 - Méier x Praça Mauá. Poderia ser também o 76 - Engenho de Dentro, mas esta linha normalmente circulava com um reboque pequeno. Esta foto aparece na página 57 da edição 18.520 do jornal Correio da Manhã, de onde peguei a localização.

    ResponderExcluir
  18. O que seria do "Saudades do Rio" sem seus grandes comentaristas!

    ResponderExcluir
  19. Eu já tinha visto a farmácia e Tia Nalu tá lá comprando Sal de Frutas Eno.

    ResponderExcluir
  20. Me situei na foto 1. No local do entulho do lado direito da foto existe hoje um posto de gasolina; à esquerda e fora da foto está o "buraco do padre". A rua Propícia atualmente tem conexão direta até o Cachambi, o que não acontecia na época da foto.

    ResponderExcluir