Total de visualizações de página

quinta-feira, 26 de abril de 2018

AV. PRESIDENTE VARGAS



A  Avenida Presidente Vargas, em determinada época, era um grande estacionamento.
 
Com as férias do Biscoito Molhado o time de especialistas está desfalcado.
 
Porém, vale a pena notar o Nash verde metálico e o Jaguar prateado.

18 comentários:

  1. Um grande estacionamento!infelizmente as coisas mudaram desde então. Mas fazer o que? Na primeira foto aparece ao fundo o "914", quase na esquina de Avenida Passos. No local em 1978, funcionava a Secretaria Municipal de Administração, meu primeiro emprego. Não é o prédio que aparece na foto, que é dos anos 70, mas o local é o mesmo. Aliás em muitos desses prédios, o "habite-se" remonta à 1944, ano da inauguração a via. No lado direito, entre a Visconde de Itaboraí e o Colégio Rivadavia Correa, pode-se contar nos dedos da mão esquerda de Lula o número de prédios posteriores à 1970.

    ResponderExcluir
  2. Belas fotos de outro Rio de Janeiro.Estaria o Biscoito em plantão internacional.A conferir...

    ResponderExcluir
  3. Bom dia.

    Particularmente nesse aspecto, evoluímos. A orla era outro local onde se estacionava de qualquer jeito, como visto em várias fotos.

    ResponderExcluir
  4. O lotaçaõ no centro é um Magirus. Porque será que a Presidente Vargas nunca foi inteiramente ocupada.Deveria ser a nossa principal artéria no centro da cidade e no entanto nunca ocupou essa posição.
    Parece que as grandes construtoras nunca se interessaram pelos terrenos até hoje vazios do local.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Presidente Vargas foi inaugurada em 1944 (ou 1945) e o "homenageado" derrubado do poder em seguida. Pode ter algo a ver. Ele voltou em 1951, mas a conjuntura era outra. Alguns anos depois, começou o processo de esvaziamento da cidade promovido pelo presidente "bossa-nova".

      Atualmente existem pouquíssimos espaços (terrenos) vagos na avenida, especialmente no trecho até a Central. Os que haviam e eram usados como estacionamento, entre a Avenida Passos e o Campo de Santana, viraram prédios durante a " bolha cabralina".

      Excluir
    2. Vargas foi um verdadeiro estadista e deu à cada um o devido tratamento. Cadeia para uma, degredo para alguns, a "calunga para outros", mas sobretudo a certeza de que eramos um estado com sólidas bases morais, onde não cabiam os Prestes, os Salgados, e outros.

      Excluir
  5. Bom Dia! Na pista central de subida,depois do lotação,um micro-ônibus Steyr da ETEL,linha Água Santa-Castelo,pelo centro da pista um Alfa-Romeo da Viação São Paulo na linha Pilares-Castelo.Do seu lado um lotação que parece ser da Ceumar,Linha Usina-Copacabana,atrás dele um Chevrolet (caixotinho) da MOSA Linha E Ferro-Aeroporto,seguido de um ACLO de motor central da Elite,linha E Ferro-Urca.

    ResponderExcluir
  6. Antigamente poucos tinham carro e quem os tinha tinha meios para manter-lo. Hoje em dia todo mundo tem carro, ainda que não possuam meios para tal. Compra-se em 84 meses, sem contratar seguro, ou garagem. O resultado é funesto, sem contar que o Brasil possui o carro mais caro do mundo.

    ResponderExcluir
  7. Um horror o que aconteceu ontem na Colombia.A pior exibição que vi do Flamengo nos ultimos tempos e fiquei com saudades de Zé Ricardo,Muralha,Gabriel,Rafel Vaz e outros menos votados.Um time apático,sem iniciativa, sem esquema sem nada a comentar.Não é possível que a diretoria do Flamengo não esteja vendo estes jogos e que não tome uma providencia geral.A torcida não aguenta mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Observador Esportivo26 de abril de 2018 11:49

      Jogando contra um timeco colombiano o goleiro do Flamengo já fazia cera com 10 minutos de jogo tanto que levou um cartão amarelo. É o nivelamento por baixo. Laterais fracos, Juan já velho e lento, Arão sem fazer nada, Diego sem ter para quem passar, ataque estático, Paquetá precisando de uma bola só para ele, e o que dizer do Geovanio, do Marlon e até do Vinicius. O Real Madrid deve estar arrependidíssimo. E o que era aquele técnico? Talvez seja o ideal para a equipe dente-de-leite.

      Excluir
    2. Este time do Flamengo já está mais configurado que é um bando de boleiros chupa sangues e que se continuar como está vai matar a torcida de raiva.Ou não jogam mesmo nada ou estão com intuito de sacanear alguém e o que chama a atenção é a passividade da diretoria visto que desde 2017 o plantel era considerado bom e não produziu nada.Em 2018 a situação tá ainda pior pois a sequencia de jogos vem mostrando um time sem nenhum espírito de luta e vontade até mesmo para jogadas mais simples.Não tem nada para aproveitar do que foi feito este ano porque na verdade nada foi feito.

      Excluir
  8. Alberto Campos Reis26 de abril de 2018 11:00

    A segunda foto poderia ser feita nos dias de hoje em um dia de sábado, quando o estacionamento nesta avenida é permitido, para quem vai fazer compras na região do SAARA. Algumas áreas do Rio, que ficaram desocupadas após grandes obras no local e no seu entorno, acabam gradualmente sendo ocupadas, toda vez que ocorre uma golfada de desenvolvimento no Estado e no País. Foi assim nos governos militares com a ocupação da Avenida Chile, e novamente agora, com o "milagre do Lula, Cabral e Eduardo Paz", com a Avenida Presidente Vargas e a Av. Rodrigues Alves, não foi até onde eles pretendiam, visto que havia muitos santos querendo esmolas e altas, para sustentarem o milagre.

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde ! Nunca gostei dessa parte do centro da cidade, sempre muito árida e sem atrativos...

    ResponderExcluir
  10. Como já foi dito aqui anteriormente a Presidente Vargas deveria ter sido a atual Avenida Rio Branco e esta deveria ter ficado com o estilo da belle époque.
    Pena que nossos governantes não tenham percebido isto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinceramente, esse Diego só tem "pose"...

      Excluir
  11. Acho que estou ficando velho, mesmo....
    Lembro que nos anos 60 cheguei a estacionar com o meu Morris Oxford na Av. Presidente Vargas.... Era preciso chegar cedo, porque apesar de tudo as vagas eram ocupadas rapidamente.

    ResponderExcluir
  12. A ETEL também teve Magirus,mas estes rodavam na linha 28, Água Santa-Mourisco e tinham os para-lama azuis.Os 8 lotações que estão nas duas pistas de subida só o da Ceumar vem da Zona Sul, os demais todos com faixa marrom = Subúrbios-Centro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu pai dirigia um Standard Vanguard 48 e tinha que chegar até às 8 horas se quisesse estacionar. Ele era o responsável pelos holerites de uma grande companhia alemã. Não havia guardadoras como hoje e qualquer um podia parar.

      Excluir