Total de visualizações de página

segunda-feira, 24 de julho de 2017

DUPLO "ONDE É?"

 
Desde há muitos anos os camelôs sempre têm sido um problema discutido no Rio.
É verdade que nos dias atuais a situação está mais complicada do que nunca.
Aproveitando estas fotos de uma reportagem do Correio da Manhã temos hoje um desafio no “Saudades do Rio”: que locais são estes?


27 comentários:

  1. Os dois traços horizontais na foto superior são marcações do jornal para edição da foto a ser publicada.

    ResponderExcluir
  2. Bem, a segunda foto é no Centro. Agora o local exato não sei. Avenida Rio Branco ou Presidente Vargas ou Nilo Peçanha. A primeira foto não tenho a menor ideia mas pelo número de camelôs deve ser um local bem movimentado.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia. A primeira é na zona norte: Tijuca, Engenho Novo, ou Meyer, ou ao longo da linha da Central. A segunda, lado esquerdo da Presidente Vargas.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia a todos. A primeira foto me parece um início de feira, onde alguns vendedores de ervas e pequenos objetos domésticos montavam suas banquinhas no chão para vender. O local parece com inúmeras ruas do Centro dos anos 50, com os trilhos vou chutar Av. Men de Sá próximo a Lapa. A segunda me parece ser a Av. Almirante Barroso.

    ResponderExcluir
  5. Na foto de cima o estilo é Tijuca e na de baixo o Edifício Marquês de Herval, o que tem uma fachada com apelido de "Tem Nego Bebo Aí".

    ResponderExcluir
  6. Bom dia a todos.

    A primeira me parece na Gago Coutinho, sem convicção, e a segunda na Presidente Vargas, perto da escola Rivadávia. Pode ser o atual prédio da Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos do estado. Acho que antes era o DER-RJ.

    ResponderExcluir
  7. Bom Dia! A reportagem deve falar de camelôs,e as fotos em locais distintos. A primeira, com bonde em linha singela indicando que o ponto final está próximo,acredito ser interior de bairro em dia de feira. Vou chutar dois lugares: Vila Isabel ou Humaitá. A segunda foto é na região do Castelo.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia a todos

    Vou chutar a primeira foto como Tijuca fronteira com Estácio. A segunda foto chuto Presidente Vargas.

    Abçs

    ResponderExcluir
  9. Não consegui nem saber qual a fruta que está acima do caixote "Rio Negro",quanto mais o local.Seriam algumas maçãs?A primeira foto de fato tem aspecto de zona norte e perto de alguma feira.A segunda o centro e alguém já deve ter acertado.Penso que o gerente tentou homenagear as prezadas Nalu e Alcyone,embora esta ultima tenha tomado Doril...

    ResponderExcluir
  10. O MAYC enviou e-mail dizendo que não consegue acessar o site. Alguém teve problema?

    ResponderExcluir
  11. Estou on line Luiz só agora consegui acessar. Vida que segue.
    Vou seguir essa linha de raciocínio.
    Pode ser todos os lugares mencionados por nossos ilustres comentaristas sem poder afirmar qual deles.

    ResponderExcluir
  12. O caminhão seria um Chevrolet "Cara de Sapo" e logo depois um automóvel Ford,confere?Com a palavra os mestres..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aquele é um Chevrolet Gigante, fabricado até 1946. O "cara de sapo" é o modelo de 1947. Atrás me parece ser um Dodge dos anos 50.

      Excluir
  13. A foto do Centro da Cidade parece ser do edifício que faz esquina de Almirante Barroso com avenida Rio Branco na diagonal do Clube Naval e em frente à Caixa Econômica.
    A primeira foto me lembra Vila Isabel.

    ResponderExcluir
  14. Faleceu ontem o goleiro Valdir Perez daquela bela seleção brasileira de 82,mas aqui foi dito que não era o melhor em atividade.Perdia para o Leão que foi deferido pelo Telê,assim como Jorge Mendonça que também ficou de fora.No atual campeonato nada de novidade com o Corintians disparando e o Flamengo sofrendo.O Santos vai fazendo o seu papel e o Gremio deve manter-se ali perto.O Vasco não deixa de ser uma surpresa em relação a anos anteriores com boa posição pelo time que possui.Parece não correr risco de ir novamente para a segunda,exceto muita chuva e trovoada.A campanha do Corintians até o momento é espetacular.

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde a todos.
    A segunda foto aparenta ser Presidente Vargas mesmo.
    Já a primeira foto poderia também ser na Presidente Vargas mas não próxima da segunda e sim lá para perto do Piranhão naquelas ruas mais antigas e que várias foram destruídas depois de já ter sido inaugurada a citada via.

    ResponderExcluir
  16. FF: Aqui Helio Ribeiro. Para quem se interessa pela história dos bondes do Rio, eu me ofereci e o Allen Morrison aceitou que eu fizesse a tradução das páginas sobre bondes do Rio, no site dele. O link é http://tramz.com/br/rj/th/thp1.html. São três páginas, com 75 fotos, divididas em 3 períodos: 1859-1890; 1890-1910 e 1910-1967.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HELIO, É COM MUITÍSSIMO PRAZER QUE DIVULGO O "LINK" CITADO. PARABÉNS POR MAIS ESTE TRABALHO FANTÁSTICO. INCLUO-ME NO GRUPO DE SEUS GRANDES ADMIRADORES. ABRAÇOS

      Excluir
  17. Respostas
    1. Acabei de passar pelas três páginas, rapidamente, como costumo fazer, para depois de ter visto tudo degustar com calma cada parágrafo e foto.
      Parabéns, Hélio!

      Excluir
  18. Parabéns Hélio, excelente trabalho.

    ResponderExcluir
  19. Peralta,o implicante24 de julho de 2017 16:00

    Tia Nalu não opinou porque sabe que é covardia.Conhece tudo desta matéria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Peralta, ó implicante, só cheguei agora!
      A segunda foto é do edifício Marquês do Herval.

      Excluir
  20. Meus palpites: Primeira foto: Rua da Glória. Segunda foto: Av. Rio Branco, 185, Edf. Marquês do Herval antes das modificações da fachada que encobriram as colunas.

    Nota: Também estou com dificuldades de acessar o blog.

    ResponderExcluir
  21. Vou chutar três ruas: Aguiar, 28 de Setembro, e Leopoldo.

    ResponderExcluir
  22. Parabéns mestre Hélio, mais uma contribuição estupenda sobre um tema que é uma paixão de todo Carioca que tiveram o privilégio de andar neste meio de transporte tão popular.

    ResponderExcluir
  23. Fotos do Rio Antigo me fascinam e um dos blogs que acesso com frequência é este. Por isso, se me permitem, vou dar uma opinião sobre o local que pode abrir uma linha de pesquisa sobre a primeira foto pelos demais frequentadores. Não há muitos elementos de análise, mas, pelos poucos que se apresentam, acho que seja possível ser a Rua Desembargador Izidro, Tijuca. Hoje o local está completamente descaracterizado, vejam no Street View. O caminhão Chevrolet Gigante está estacionado em uma esquina, a qual poderia ser a Rua Barão de Pirassinunga: a marquise curva acima do caminhão induz a ser uma esquina, no caso esta rua que estou citando. Havia feira nesta rua, não sei se ainda permanece nos dias de hoje. Este prédio, e a sua empena (lateral), são as únicas coisas que ainda estão lá e que são bases do meu "desconfiômetro". Será? Por favor, chequem e publiquem suas opiniões. Abraços a todos.

    ResponderExcluir