Total de visualizações de página

sábado, 29 de julho de 2017

DO FUNDO DO BAÚ: IDENTIFICAÇÃO



 
Hoje é sábado, dia da série “DO FUNDO DO BAÚ”. E de lá saem estas duas fotografias: uma do Programa Flavio Cavalcanti e outra de um jogo entre Flamengo e Botafogo.

O desafio é identificar os participantes das duas fotos.

Consegui identificar com certeza todos os jogadores do Flamengo e dois do Botafogo. Já na foto da TV acho que consegui identificar quatro dos nove.

Os restantes seriam palpites que divulgarei mais adiante.

Quem acertará na identificação de todos?

40 comentários:

  1. Opa, este pessoal é do meu tempo de criança. Vamos lá então chutar:
    Foto 1: Iris Lettieri, Lucio Mauro, não identifico esta, Vera Fischer, Sergio Chapelin, Nair Belo, não identifico o baixinho e o Wilton Franco.
    Foto 2: Pampolini, Bob, Orlando, Dida fazendo o gol, Amaury goleiro, Moacir e Henrique.

    ResponderExcluir
  2. Missão impossível! Depois de confundir Nair Belo com Elizete Cardoso, e achar que vi Nilton Santos na foto do jogo, nem tentei continuar... Ah, acertei no Lucio Mauro, inconfundível. Bom dia!

    ResponderExcluir
  3. Também não identifico a mulher de vestido branco e o baixinho ao lado Wilton Franco que tem ao lado o Flavio Cavalcanti.
    No time do Flamengo só identifiquei o Dida.
    Incrível foto do programa Flavio Cavalcante ou Noite de Gala.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia. O Plínio já identificou quase todos, mas o que ele apontou como Sergio Chapelin é na verdade José Messias. O cidadão de óculos eu não identifiquei.

    ResponderExcluir
  5. Não é do meu tempo. Com a palavra o Pastor.

    ResponderExcluir
  6. A Elizete é uma possibilidade. Pampolini e Amauri concordo mas os outros dois não sei não. Os do Fla estão certos. Vera Fischer? O Jose Messias foi uma bela tacada.

    ResponderExcluir
  7. A do futebol não é do meu tempo, mas a foto do Flavio Cavalcanti faz lembrar uma época em que pouquíssimas eram as opções de TV, e em p&b, e a turma se divertia. Limitação de ambições intelectuais? Lazer fáci em época de poucas diversões? projeção do bom e do mau na TV (Márcia de Windsor e José Fernandes, júri sofisticado e júri popular). Era esse o zeitgeist!

    ResponderExcluir
  8. A 3ª ... Renée de Vielmond...

    ResponderExcluir
  9. Flavio Cavalcante era um "chato", "metido a besta", mas seu programa tinha algumas coisas interessantes, Não havia ainda o tipo de reportagem investigativa como atualmente e que apresenta alto risco, mas ele passou alguns percalços como o "banho de piscina forçado" na casa de Tenório Cavalcanti em Caxias. Além do mais, eram tempos da ditadura e a censura atuava e era rigorosa. Costumava apresentar um quadro com o detetive Nelson Duarte da polícia do Rio, dando "dicas de polícia" do tipo como evitar golpes e coisas do gênero. Mal sabia ele que Nelson Duarte pertencia à "banda podre" da polícia e mais tarde foi preso e afastado. Costinha também era presença constante o programa, bem como Elke Maravilha, Erlon Chaves, Cipó, Mr. Eco, José Fernandes, Umberto Reis, e o chato hemofílico Sergio Bittencourt que vivia à sombra da fama do pai. Não dá para saber se a foto onde aparece Lúcio Mauro foi anterior ao "affair" onde Arlete Salles o trocou por Tony Tornado e que o deixou bastante deprimido com razão, pois sua esposa preferiu deixá-lo para "ver as coisas pretas"....

    ResponderExcluir
  10. No futebol,os do Flamengo estão certos:Dida,Moacir e Henrique Frade.Os do Botafogo tenho como certo o Amauri e Pampolini.Proximo ao Dida poderia ser o Nilton Santos ou quem sabe o Edson.O cara em cima da linha não estou lembrando.Vou puxar pela memória.
    Quanto ao pessoal da Tv Iris,Lucio Mauro,Renné de Vielmond(?)Vera Fischer,Zé Messias,Não identifiquei os dois seguinte e Wilton Franco e claro Flavio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Observador Esportivo29 de julho de 2017 14:41

      Nilton Santos não é

      Excluir
  11. E foi gol? Quase com certeza, mas... Só reconheci o Dida, que não vi jogar, mas é bem conhecido com o segundo maior artilheiro da história do Fla. Comecei a torcer com a conquista do Quarto Centenário em 1965 e o Silva como principal ídolo rubro-negro.
    As defesas dos grandes times dos anos 60 não eram muito conhecidas. Botafogo e Santos faziam tantos gols que um "Rafael Vaz" da vida não comprometia o resultado final. Lembro dos goleiros Manga no alvi-negro carioca, que não é o da foto, e o Gilmar no time santista.
    Quanto à foto do programa de TV, de cara lembrei da Íris Letieri e da Vera Fischer, demorei para lembrar os nomes do Lúcio Mauro e da Nair Belo, mas os demais só na base do "fisionomia conhecida". A mulher de branco poderia ser Renée de Vielmond?

    ResponderExcluir
  12. Olhando agora na foto ampliada, o então jovem de óculos não é um famoso músico que fazia parte da banda do Programa do Faustão? Faz tanto tempo que não vejo esse programa que nem sei se ainda está lá.

    ResponderExcluir
  13. Bom dia a todos!
    Foto 1:A "mulher de branco" não seria a Renée de Vielmond?
    Pelos trajes (golas enormes, boca de sino) a foto é de início/meados dos anos 70.
    Ué? O Flávio Cavalcanti não está de smoking? Nem mesmo de gravata?
    Fico devendo o baixinho. Numa primeira olhada pensei que fosse o humorista Geraldo Alves.

    Foto 2: Só consigo identificar (ampliando) Flamengo e Botafogo. Mas a fita adesiva é Scotch, cortada com o dente.

    ResponderExcluir
  14. Não parece, mas a mulher de vestido branco é a Leila Diniz. Foi jurada do programa por um curto período. Dei uma pesquisada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leila Diniz faleceu em 72.A pesquisa não andou bem.E a Renné.

      Excluir
  15. Alô Dr, D' o zagueiro do Botafogo em cima da linha pode ser o Florindo que havia jogado no Inter.E este jogo pode ter sido um dos poucos em que o Flamengo daquela época ganhou bem o Botafogo,talvez em 59.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Observador Esportivo29 de julho de 2017 14:43

      O Amaury jogou de 1956 a 1958

      Excluir
    2. Prezado observador,consulte o jogo Flamengo X Botafogo pelo turno de 59.O Amauri estava lá.

      Excluir
    3. Observador Esportivo29 de julho de 2017 19:43

      Belletti, nos arquivos que consultei consta a informação consta que o Amaury jogou de 1956 a 1958 (página do Botafogo). Em outras fontes encontrei que o arqueiro dos jogos contra o Fla em 1959 foi o Ernani. Mas quem sabe se os arquivos estão mesmo corretos?

      Excluir
  16. Paulo Roberto pode ter matado a charada do baixinho de óculos.Pode ser o Caçulinha...

    ResponderExcluir
  17. O jogador do Botafogo atrás do Dida pode ser o Paulistinha. O que está mais perto da bola não sei quem pode ser. Os outros já foram identificados.

    ResponderExcluir
  18. Boa tarde a todos. E vamos a identificação do juri do Flavio Cavalcante. Isis Litieri, Lucio Mauro, Leila Diniz, Vera Ficher, José Messias, Nair Bello, Jorge Cajuru, Wilton Franco.
    Foto de futebol:Botafogo: Amauri, Pampolini, Nilton Santos, Servilio.
    Flamengo: Dida, Moacir e Henrique.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Observador Esportivo29 de julho de 2017 14:44

      Não é Nilton Santos nem Servilio

      Excluir
    2. Jorge Kajuru?O tempo do nosso amigo Lino está fora de compasso,mesmo porque este Kajuru é um espanto!!!!

      Excluir
  19. A mulher de branco é Renée de Vielmond. Era casada com Nilson Condé antes de troca-lo por José Wilker. No meio artístico o uso "chifres" já era tolerado, mas hoje em dia a Globo tornou corriqueiro. Na novela Novo Mundo, a cortesã Domitila de Castro convidou uma artista que visitava sua casa para dormir no leito em que estavam juntamente com D.Pedro. É sabido que esses costumes eram praticados pelo casal, mas no horário das Seis Horas vai além da conta. No passado a censura não permitia.### Segundo fofocas da época, Arlete Salles era frequentemente espancada por Tony Tornado.

    ResponderExcluir
  20. Não é a Leila. É mesmo a Renée de Vielmont, como disseram GMA e Eraldo. O nome dela não tinha aparecido na pesquisa.

    ResponderExcluir
  21. Flavio Cavalcante era funcionário da Alfândega, assim como meu avô. Era o equivalente ao Auditor Fiscal da atualidade. Mas segundo meu avô dizia, sua jornada de trabalho era ínfima, quase imperceptível. Pertencia ao "clube do lençol branco"...

    ResponderExcluir
  22. Hmmm... então a minha primeira impressão ao ter identificado Nilton Santos, nem estava tão errada assim. Ao menos, tenho companhia .

    ResponderExcluir
  23. Boa noite a todos.
    Por acaso o baixinho de óculos seria Agildo Barata Ribeiro?

    ResponderExcluir
  24. Como a maioria foi identificada vou aproveitar para contar uma caso inédito que jamais foi revelado e que poderia ser considerado como um crime sem punição. Ou que na verdade houve alguém punido injustamente.
    Como foi dito acima o Programa Flávio Cavalcanti tinha um quadro sensacionalista onde eram abordados temas policialescos. Sob a condução do apresentador e assessoria do policial Nelson Duarte certa vez foi relatado um caso que chegou às manchetes policiais sobre a prisão de um gerente da Shell do Brasil, morador da Ilha do Governador, acusado de assalto à mão armada. O cidadão alegava inocência mas existiam, além das vítimas, testemunhas de que ele seria o autor dos assaltos. O caso foi parar na tv porque o Nelson Duarte alegou que poderia provar que o homem de fato era inocente e o suspense aumentou junto com a audiência do programa. Com o anúncio da solução do mistério em determinada data os telespectadores foram surpreendidos com a apresentação de um sujeito que era sósia do tal funcionário e diante das câmeras confessou o crime e pediu mil desculpas pelos seus atos etc. etc.(Nota: Eu assisti a esse programa.). Lembro que a única diferença era o bigode usado pelo cara da Shell.

    Agora um salto no futuro. Em 1972 eu trabalhava em um escritório de advocacia no qual atuava um profissional dedicado ao Direito Penal. Certo dia ele reclamou com o titular do escritório que estava ficando cansativo ir a determinada penitenciária pois sempre era abordado por um detento que repetia a mesma história. Segundo o advogado esse meliante era um contumaz ladrão e por isso foi condenado mas que havia sido enganado e teria assumido a culpa por crimes que não teria cometido. Ele jurava que quando já estava preso por roubo foi abordado por um detetive que lhe fez uma proposta para assumir a culpa pelos roubos do tal funcionário da Shell devido a fantástica semelhança física com o acusado. Sob a promessa de ajuda pecuniária à sua família ele aceitou e foi montada toda a pantomima. Ocorreu que o tal policial não cumpriu o combinado e ninguém acreditou na história contada. A esperança do detento era convencer algum advogado a se interessar pela causa, o que parece jamais ocorreu.

    Agora os detalhes. O colega recebeu das mãos do detento uma foto de jornal desse policial que o abordou. Não era o Nelson Duarte. Vi a foto e apesar dos muitos anos passados lembro do tipo moreno, caboclo. Deve ter sido o autor da trama, repassando-a para o Nelson, que a encampou. Salvo engano o caso ocorreu na primeira metade dos anos '60. Minha dúvida é se o Flávio Cavalcanti em algum momento sabia, ou soube um dia, da trama urdida.

    ResponderExcluir
  25. O baixinho de óculos pode ser o Caçulinha.

    ResponderExcluir
  26. Boa noite a todos. De primeira, na primeira foto, só tinha identificado o Lúcio Mauro (além do Flavio Cavalcanti, óbvio) e desconfiava da Vera Fischer. Depois de ver os comentários, a Renee de Vilmond e o Wilton Franco. A "Nair Bello" e a "Iris Lettieri" vou confiar nos comentaristas. Os baixinhos não faço ideia, mesmo alguns afirmando um deles ser o Caçulinha.

    A coincidência do dia é que o Luiz de França, morto ontem, participou de um concurso no programa do Flavio Cavalcanti, na Tupi, e ganhou um cargo na emissora.

    Na foto do futebol passo, já que tinha "certeza" de um deles ser o Nilton Santos.

    FF: a morte do filho mais novo do Abel Braga causou o adiamento do jogo previsto para amanhã. E realmente tem coisas que só acontecem com o Botafogo...

    ResponderExcluir
  27. E os palpites do gerente?Sempre fica a impressão que o mesmo tem a chave do baú.....***A voz da Iris Lettiere sempre foi uma marca.Espetáculo.Aliás,fui apresentado a mesma nos anos 90,durante uma passagem no ....Aeroporto Tom Jobim.

    ResponderExcluir
  28. Observador Esportivo,vc pode estar certo.Posso ter feito confusão.Mas continuo achando que o jogador do Botafogo é o Florindo.Não consegui encaixar outro.Não é o Chicão,outro que atuava eventualmente.

    ResponderExcluir
  29. Tanto a Leila quanto a Renée eram mulheres muito femininas sem músculos definidos, perfeitas. Como a Vera. A moça citada, embora bonita, possuía musculatura bem definida. Maçãs do rosto salientes e pescoço de atleta. Lembra Rosamaria Murtinho.
    Wilton Franco? Parece mais o Sérgio Bittencourt, jurado do programa.
    Em fotos de Sérgio Bittencourt, filho de Jacó do bandolim, no google, mostra uma quantidade enorme de fotos do pai e filho, parecidíssimos.

    ResponderExcluir
  30. Belletti, a maioria destas fotos está sem legenda. Minhas identificações foram: Iris, Lucio Mauro, Vera Fischer e Wilton Franco. Achei que poderia ser a Nair Belo. A Renée só reconheci após os comentários. O José Messias nem desconfiei, bem como o baixinho. Quanto aos jogadores o Pampolini e o Amaury, além dos três do Flamengo foram certezas. Os outros dois não sei, embora não sejam nem o Nilton Santos, nem o Servílio. Poderiam ser o Bauer ou o Bob.

    ResponderExcluir
  31. O Antônio Cordeiro choveu no molhado em relação ao Caçulinha pois já havia sido mencionado,mas foi no alvo em relação ao beque do Botafogo:é o Paulistinha.

    ResponderExcluir
  32. Esqueceram do Ronald, do Paulistinha, do Beto, não tinha um Gato?

    ResponderExcluir
  33. FF. A tempos atrás disse que o Neymar do futuro seria o Robinho daquela época. Ou seja, é um jogador que tem algum talento, porém sua ambição e do seu pai não o levaria a lugar nenhum. Daqui pra frente só irá cair, jamais será o melhor jogador do mundo. Deixar o Barcelona e o futebol Espanhol para jogar no PSG na França, é não ter nenhuma visão sobre evolução e importância do time e País no mundo do Futebol. Futebol na França é igual a escola de samba do 2º grupo ou Escola de Samba Paulista, o PSG é como a Vai Vai ou União da Ilha (até as cores são iguais), bonitinha, muita gente gosta, porém jamais vai ganhar um título importante. Achar que vai ser campeão da Eurocopa pelo PSG é pior do que acreditar em Papai Noel, Duende e outras coisas do gênero. O Ronaldinho Gaúcho que jogou muito mais bola do que ele, teve que fazer o caminho inverso para chegar a ser o melhor jogador do mundo. A bem da verdade inteligência realmente não é uma das virtudes do Neymar.

    ResponderExcluir