Total de visualizações de página

quinta-feira, 13 de julho de 2017

ONDE É?


 
Estes dois “Onde é?” dão até saudade do concurso “Sherlock Holmes”.
Hoje temos mais duas fotos fora do “circuito Elizabeth Arden” do Rio de Janeiro (Zona Sul, Tijuca, Centro, Barra da Tijuca).
Vamos ver se os especialistas conseguem descobrir o nome das ruas (tenho apenas o nome de uma delas).

30 comentários:

  1. A primeira foto é de 1965 e a segunda é de 1970

    ResponderExcluir
  2. A primeira foto é Bonsucesso e a segunda tá parecendo Campo Grande.KKKKK.

    ResponderExcluir
  3. Circuito Elizabeth Arden era Roma, Paris, Londres e Washington se não estou enganado.
    A primeira foto não tenho ideia mas a segunda parece mesmo Campo Grande.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia. A primeira parece ser na região do Engenho Novo ou de Inhaúma.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia a todos.

    Também não faço ideia de onde sejam as fotos, até que chegue alguém como anteontem e identifique o local como um que eu tenha frequentado, mas irreconhecível (Cascadura).

    Na primeira, a indefectível Rural passando por rua que se estivesse localizada em certos locais da zona sul seria inimaginável...

    Na segunda, o pitoresco fica para o ciclista com o guarda-chuva.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia, amigos.

    Não sei o nome das ruas, e também não quero fazer busca reversa no Google para não estragar a brincadeira. Portanto vou tentar de longa distância, tipo "gol-que-Pelé-não-fez":

    Foto 1: Abolição

    Foto 2: Vila da Penha

    ResponderExcluir
  7. Bom dia a todos. A primeira é na Penha, só não me lembro o nome de momento. Na esquina parece o ponto final do 497. E tinha um ponto de bicho, onde num sábado eu e dois amigos enquanto esperávamos a costureira para pegar fantasias de carnaval, acertamos os 4 últimos páreos de corrida de cavalos do joquei, ponta dupla place destes páreos e uma acumulada 3X2. O bicheiro ficou tiririca do brejo com a gente. Já a 2ª foto não sei onde fica, principalmente se for em Campo Grande.

    ResponderExcluir
  8. DICA: a primeira é em Brás de Pina e a segunda em Campo Grande

    ResponderExcluir
  9. Bom Dia ! A primeira é fácil : Ponto final da linha 38. A segunda não sei,mas não é difícil. A pista é o numero do poste que está bem visível. Se não estiver enganado,na zona Oeste os postes tem quatro algarismos. três algarismos estão nas ruas mais antigas.

    ResponderExcluir
  10. Em Campo Grande tem muitas ruas parecidas com essa, mas diria que essa da foto é a Augusto de Vasconcelos. Puxando a memória de criança...

    ResponderExcluir
  11. Na primeira foto o chute é a Rua Guaporé, em Braz de Pina.

    ResponderExcluir
  12. Velhote do Parque13 de julho de 2017 11:19

    O meu Corinthians continua mandando ver.Ontem jogou o porco na lama e solidificou ainda mais a liderança. Mole mole vai deixando os pequenos a distancia.O Urubu vai ser depenado hoje e a baleia sem rumo e fogo de palha.Curinga campeão.

    ResponderExcluir
  13. Campo Grande é inacessível nos dias atuais, e Brás de Pina é área de alto risco.ff Agora, cerca de 10:15 um amigo, oficial da Marinha e médico, me telefonou apavorado pois havia sofrido um "arrastão" no início da Dutra e apontaram uma pistola para sua cabeça. Perdeu o carro e foi socorrido por policiais civis que estavam passando e o tranquilizaram. Sugeri que tomasse as providencias cabíveis e aos policiais que o socorreram pedi que o deixassem na delegacia próxima para as providências pertinentes. A obra viária que está em andamento na Avenida Brasil faz com que os infelizes motoristas sejam vítimas dos habitantes das favelas daquela região "subsaariana". O episódio narrado pelo Lino Coelho provavelmente aconteceu há mais de 50 anos e chega a ser folclórico. A região de Brás de Pina, Olaria, Bonsucesso, e Ramos foi todo "reformada" para a implantação do BRT e não mais devem existir referências da foto.

    ResponderExcluir
  14. Se me dissessem que as fotos são de Caruaru eu acreditaria.

    ResponderExcluir
  15. Torcedor apavorado13 de julho de 2017 12:29

    FF. "Deu" no SBT agora uma reportagem mostrando o vídeo de dois lideres de torcida do Flamengo com os nomes de "Tabajara e Rato",em um baile funk do tráfico na favela da Maré.São foragidos do sistema prisional e segundo a reportagem,são patrocinados pelo clube para provocarem brigas e assaltos em dias de jogos.Outra reportagem dá conta de outro lider da torcida do Flamengo já preso ordenando ações criminosas de dentro de um presídio.O vídeo mostrando o criminoso ao celular ordenando as ações e o áudio não deixam dúvidas.Querem acabar com o futebol.

    ResponderExcluir
  16. Nem em sonho acertaria os locais das fotos. Mas em compensação acabei de chegar de Ipanema onde cruzei com a badalada filha do Renato Gaúcho, Carol Portaluppi, saindo da praia. Alta, bonita, mas para dizer a verdade esperava maior semelhança com as fotos da mídia. Pessoalmente me pareceu mais magra do que aparece nas imagens conhecidas. Como essas meninas vivem fazendo dietas, regimes, o diabo a quatro, talvez seja o motivo.

    ResponderExcluir
  17. Se não marquei um gol,dei uma "assistência".Tá escrito lá: Campo Grande.Penso que seria o bastante para ir ao estribo do bonde,pelo menos.A questão da rua é "um detalhe".***Vi uma parte do jogo entre Corintians e Palmeiras ontem e o time do Carille parece estar afiado e surgindo como virtual campeão.Pelo que vi,vai ser difícil sair do trilho.E se for como está,o campeonato vai perder a graça.O que está restando é torcer contra.

    ResponderExcluir
  18. Peralta,o implicante13 de julho de 2017 15:28

    Em razão da sentença,Tia Nalu faz greve de fome.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Peralta, ó implicante, tia Nalu não faz greve de fome; aguarda por melhores pratos. A entrada foi razoável, mas ainda é pouco.

      Excluir
  19. A legenda da primeira foto cita Rua Trucumé, Brás de Pina. Não achei no Google Maps.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os subúrbios estão bastante modificados. A região da E.F. Rio D'Ouro de Del Castilho à Pavuna foi completamente modificada, nem como a região da Vila da Penha, Irajá, e outras muitas. A abertura da Linha Amarela também arrasou grande parte dos subúrbios. Para acertar um "onde é", o comentarista precisa ser muito bom.

      Excluir
  20. AVISO AOS AMANTES DO FUTEBOL: estou com um lote enorme de fotos de jogadores dos anos 50 e 60. Foi a época em que comecei a ir aos jogos. Consigo reconhecer boa parte deles embora as fotos não tenham legenda. De vez em quando vou publicar algumas delas. Quem sabe o Candeias ou o pessoal das antigas consiga identificar os poucos que não consegui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba! Vou pedir a ajuda do meu irmão !

      Excluir
    2. Vai publicar foto do Luizinho e do Dino Sani do Curíntia?

      Excluir
    3. Sugiro algumas pegadinhas na identificação.

      Excluir
  21. Caro Luiz, em Bras de Pina existe uma rua chamada Iricumé, se for a mesma ao fundo seria a Antenor Navarro onde ela começa.

    ResponderExcluir
  22. Comentário em post antigo13 de julho de 2017 21:17


    Eu percebi, nos comentários, que muitos tiveram a oportunidade de visitar ou mesmo se hospedar no antigo Hotel Nacional de São Conrado e eu estou precisando da ajuda de alguém que tenha lembrança das pinturas que decoravam o lobby do antigo Hotel, porque comprei uma tela e na descrição da mesma, o que se dizia era que essa tela fazia parte daquela decoração. Deixo meu e-mail para as pessoas que se interessarem em receber a cópia dessa pintura. Desde já agradeço e espero não parecer abusado. e-mail: botelhopaulo76@gmail.com em HOTEL NACIONAL

    ResponderExcluir
  23. Só o Pofexô conseguiu ganhar como mandante na rodada (até agora...).

    E o Grêmio seria campeão carioca!

    ResponderExcluir
  24. Está correto o Colaborador Anônimo. É fácil confirmar no "Street View", pois duas das casas quase nada mudaram (uma delas em estilo europeu) e lá onde tem a chaminé, ainda é uma padaria, a Guanabara.
    Já no lado direito da foto, até onde o Rex deixou a sua marca no muro, tudo mudou.
    A segunda foto é mesmo muito difícil.

    ResponderExcluir