Total de visualizações de página

sábado, 15 de julho de 2017

DO FUNDO DO BAÚ - SELEÇÃO DA FMF

 
Hoje é sábado, dia da série “DO FUNDO DO BAÚ”. E de lá veio uma destas fotografias “que não saem em lugar nenhum”, como dizem os locutores esportivos.
Vemos um time da FMF – Federação Metropolitana de Futebol, do Rio de Janeiro/Distrito Federal, que disputava o Campeonato Brasileiro de Seleções.
Era um torneio interessante a que eu gostava de assistir. Era diferente torcer por um time da sua cidade/estado em que havia jogadores de times adversários.
Na foto de hoje, que veio sem legenda, consegui identificar com absoluta certeza a 8 jogadores, com relativa certeza outros dois e um sem certeza alguma.
O desafio para os que gostam de futebol é identificar a todos pelo nome, bem como a que time pertenciam, não valendo consultas ao Google.

33 comentários:

  1. No alto à direita é o Nilton Santos. Agachados consegui reconhecer o Garrincha (Botafogo), o Ademir (Vasco) e o Didi (Flu e Botafogo). Talvez no alto o goleiro seja o Ari (América e Flamengo) e o beque Pinheiro (Fluminense).

    ResponderExcluir
  2. Bom dia. Barbosa, Garrincha, Nilton Santos, Ademir, Zózimo, Escurinho. São os que reconheço.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia a todos.

    De reconhecimento imediato, Garrincha, Nilton Santos e Didi. O que eu achava ser Telê o Plínio identificou como o Ademir (Queixada?). De resto, fico esperando os mais "experientes".

    ResponderExcluir
  4. Só reconheci o Ademir ("Queixada")...

    ResponderExcluir
  5. Bom vamos lá: Pinheiro Ari Nilton Santos Garrincha Ademir e Didi.
    Realmente bons tempos do futebol carioca.

    ResponderExcluir
  6. Barbosa, Zozimo, Escurinho, não estão.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia a todos. Em pé acho que reconheci Pinheiro, Ari, Pavão e Nilton Santos. Agachados: Garrincha, Ademir, Leonidas, Didi.

    ResponderExcluir
  8. De pronto só reconheci os mesmos que o Plínio. Mas a foto me lembrou de coisas que me entristecem e revoltam. Uma a lembrança do irmão do Pinheiro que perambulava pelo Castelo como um morador de rua. Não era pedinte e diziam que a família vez por outra o levava para casa em MG mas ele logo estava de volta. Outra foi dar de presente para a pessoa errada minha coleção completa da Revista do Esporte, lançada em 1958. Hoje cada exemplar é oferecido na internet por 80 reais. Quem poderia adivinhar?

    ResponderExcluir
  9. Didi foi vendido por Dois Milhões de Cruzeiros para o Botafogo porque a direção do Fluminense não suportava seu "temperamento". O fato de ser negro e ainda por cima namorar a bela Guiomar, pesou bastante nessa decisão. Não custa lembrar que no passado a sociedade brasileira era (?) racista.

    ResponderExcluir
  10. Mirim(?),Ari,Pinheiro,Ivan(?)??? e Nilton Santos;Garrincha,Ademir,??,Didi e Sabará.Reconheci o primeiro mas tenho dúvidas quanto ao nome,o mesmo acontecendo com o quarto.O quinto não me lembro.O centro avante idem.Sabará teve que se achar feliz com a ponta esquerda.Garrincha estava lá.Vou continuar tentando lembrar.

    ResponderExcluir
  11. O magrelinho antes de Nilton Santos pode ser o Osvaldinho.

    ResponderExcluir
  12. Lembrei do centro avante:Maneco,que jogou no América.
    Então para mim,a seleção fica com Mirim,Ari,Pinheiro,Ivan,Osvaldinho e Nilton Santos;Garrincha,Ademir,Maneco Didi e Sabará.É o que me vem a cabeça...

    ResponderExcluir
  13. Para mim seria: Mirim, Ari,Pinheiro, Osvaldinho, Edson ( o que tenho mais dúvida) e Nilton Santos. Garrincha, Ademir, Leónidas da Selva, Didi e Sabará.

    ResponderExcluir
  14. Dr.D',o Osvaldinho é o magrinho,então após o Pinheiro é o Ivan,mas penso não ser aquele que morreu afogado.Quanto ao centro avante fiquei em muita dúvida,tanto que não identifiquei logo.Pode ser o clone,Leonidas...da Selva.Um espanto!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei em dúvida entre o Leônidas da Selva e o Indio mas acho que é o Leônidas.

      Excluir
    2. Não é o Índio.

      Excluir
  15. Peralta, o implicante15 de julho de 2017 12:22

    Coloque uma foto do Estrela do ABC e Tia Nalu reconhece todos.Principalmente o capitão.

    ResponderExcluir
  16. Joel, o futebol nos seus primórdios era um esporte de elite. Assim como o golfe e tênis só se jogava em campos de grama. Foi dentro desse princípio que o Fluminense fundou o clube, sendo o primeiro da cidade especializado no esporte. Com a crescente queda na popularidade do remo, os clubes adotaram o esporte bretão para sobreviverem. O tricolor continuou fiel aos princípios elitistas da sua fundação. Não se esqueça que clubes são sociedades fechadas, em que sócios aceitam quem quiserem. O futebol se popularizou e o clube não acompanhou esse processo no tempo devido, e o resultado é que os outros times passaram a hostilizar o Fluminense por seu elitismo. Mas nos anos 50 isso não mais existia no futebol tricolor. Pesquise fotos de times da época e verá que o negros não mais precisavam de pó de arroz para disfarçar sua cor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até pouco tempo atrás, jogador do Fluminense só podia ingressar no clube pela porta de serviço e não podia frequentar a sede social.

      Excluir
    2. Isso não é do meu tempo, e tenho 64 anos. Cansei de ver jogadores na sede. Entravam pela entrada dos carros e paravam lá dentro.

      Excluir
  17. Boa tarde a todos!
    Até eu, que desisti do futebol e da torcida há muito tempo, consegui reconhecer Garrincha e Nilton Santos (e os dois moraram na Ilha!). Escurinho, se não me engano, também.

    ResponderExcluir
  18. O gerente tem razão.Depois do Pinheiro é o Edson,que jogou no América.O Ivan era lateral esquerdo e não teria chances com o Nilton Santos.O centro avante fica a duvida para mim.No resto o time está armado.

    ResponderExcluir
  19. A feliz menção ao casal Didi e Guiomar trouxe à memória a lembrança de vários "causos" ocorridos com essa dupla. Guiomar, mulher bela e de forte personalidade, encantou o craque da mesma forma que havia enfeitiçado o compositor Ari Barroso em cujo programa ela se apresentava vestida de odalisca. Didi, que era casado, largou a família e se uniu àquela que seria a gestora de sua vida até a morte. Alguns acreditam que a música "Risque" representaria a dor de cotovelo de Ari pela perda do seu objeto de desejo, porém essa composição é de 1952 e a união do famoso casal deu-se em 1953. Por essa razão prevalece a opinião de muitos que na verdade a composição que refletiria os sentimentos de perda do autor de "Aquarela do Brasil" seria o belo samba-canção "Ocultei", lançado em 1954 e gravado inicialmente por Elizeth Cardoso. Daí o tratamento feminino da letra. Aqui poderemos ouvir na voz grave de Emílio Santiago: https://www.youtube.com/watch?v=P3R1dGgYJDk Esta é apenas uma das várias histórias sobre o casal que marcou época na história do futebol brasileiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ary Barroso "não se enxergava", pois era um velho ranzinza que jamais poderia competir com Didi. Embora tivesse um nível cultural bastante razoável, era preconceituoso e arrogante. Segundo relato de Ruy de Castro, Elza Soares quando se apresentou no programa de Ary Barroso, esta vestida com um vestido improvisado cortado de uma cortina. Quando subiu ao palco, Ary de forma escandalosa perguntou: "De que planeta você veio, minha filha?" Ao que respondeu Elza: "Do planeta fome, seu Ary!" Esse era Ary Barroso. "Não ia dar no couro com Guiomar."...

      Excluir
  20. Caramba, como é que não reconheci o Garrincha, e o Didi? Pinheiro ficou nas minhas memórias de infância, no Fluminense.

    ResponderExcluir
  21. Voltando a seleção, Mirim não me lembrava mesmo o Sabará eu desconfiava e os dois entre o Pinheiro e Nilton Santos não sabia mesmo.

    ResponderExcluir
  22. Timaço e de pessoas do bem. Hoje só tem Heleno de Freitas!!!

    ResponderExcluir
  23. Didi,além de ter casado com Guiomar,foi eleito o melhor jogador da Copa de 58.Jogador do Fluminense veio de Campos,mas deslanchou no Botafogo onde jogava com Garrincha,Nilton Santos,Zagalo entre outros.Foi o criador da "folha seca" e treinou a seleção do Peru na Copa de 70.Para avivar a memoria,lembro que teve uma passagem pelo Sao Paulo no final de carreira.Elegante dentro e fora do campo.

    ResponderExcluir
  24. Mirim (Vasco), Ari (Bonsucesso), Pinheiro (Fluminense), Ivan e Oswaldinho (América) e Nilton Santos (Botafogo). Garrincha (Botafogo), Ademir (Vasco), Leônidas (América), Didi (Fluminense) e Sabará (Vasco).

    ResponderExcluir
  25. O goleiro Ari teve uma passagem pelo Flamengo e depois se firmou no América. Mirim salvo engano jogou no Madureira nao me recordo bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eram 4 goleiros: o Ari Preto, o Mauro ( que veio do Canto do Rio), o Ari Branco ( que veio do Olaria) e o Fernando ( irmão do Santana). Todos mais ou menos.

      Excluir
  26. Posso falar de cadeira que a Dona Guiomar não era fácil quando o assunto era a carreira e a grana do Didi.Ela é quem decidia tudo e os dirigentes do Botafogo não gostavam nada disso.Foi uma boa admistradora dos negocios e o jogador acumulou boa grana.

    ResponderExcluir
  27. O Lobo informa: o livro "Histórias de Sandro Moreyra" (1985, Editora JB) é uma delícia! Achei no livródromo em frente à Estação Carioca.

    ResponderExcluir